Costureira está desaparecida a dois meses
POLICIAL
25 de Agosto de 2016

A costureira Marli da Silva Frizanco, 47 anos, de Francisco Beltrão, está desaparecida desde o dia 29 de junho, e até agora não há nenhuma informação sobre seu paradeiro. A Polícia Civil está investigando o caso desde o desaparecimento, já ouviu várias pessoas que tinham ligação com ela, mas nada foi esclarecido.

 

Relembre o caso

O desaparecimento de Marli, que trabalhava como costureira em sua casa no bairro Vila Nova foi descoberto por clientes que foram buscar encomendas e não a encontraram em casa no dia 29/06. A Polícia Civil foi comunicada e procuraram a família, quando então o esposo dela, José Frizanco registrou a ocorrência. Ela desapareceu sem levar nada, nem dinheiro, roupas, documentos e o carro que ficou na garagem. Marli tem duas filhas, que são casadas, e três netos e segundo os familiares jamais iria desaparecer sem manter contato com as filhas.

O delegado chefe da 19ª SDP Valderes Luiz Scalco que acompanha o caso disse “Nós temos um desaparecimento, mas ainda não temos um crime, estamos fazendo todo o possível para o esclarecimento, e esperamos elucidar o caso o mais breve”.

 Manifesto

Amigos da família de Marli estão organizando um manifesto pedindo providências. O manifesto será no domingo (28) às 10 horas no calçadão central de Francisco Beltrão.

 (Fonte: PPnews)

LEIA TAMBÉM
CONTATO COMERCIAL
(46) 3242-1495
(46) 98413-4946
comercial@radiochopinzinho.com.br
REDES SOCIAIS
PB Agência Web