Samu de Realeza é acionado para gestante e acaba realizando parto de bebê prematuro
SAÚDE
14 de Junho de 2016

Gestante de 35 semanas, uma mulher moradora de Realeza foi ao Pronto Atendimento do município na noite de quinta-feira (9), porque estava sentindo contrações e sua pressão arterial estava alta, a chamada pré-eclâmpia gestacional. 

O próprio médico do Pronto Atendimento de Realeza acionou o Samu 192 Sudoeste, às 21h45, e para lá foi deslocada ambulância da Base de Realeza, com a equipe avançada, composta pelo médico Vanderlei de Oliveira, a enfermeira Andreia H. Scandolara e o condutor socorrista, Calmocir Plack.

Cinco minutos após a equipe chegar, enquanto avaliavam a paciente com a intenção de realizar a transferência para Francisco Beltrão, percebeu-se que já apresentava dinâmica uterina ativa para trabalho de parto e não deu tempo de qualquer deslocamento. O bebê do sexo feminino, pesando 2.590 kg, nasceu mesmo ali, assistida pelo médico do Samu 192 e equipe, junto com os profissionais do PA de Realeza. O nascimento foi registrado às 21h55.

A enfermeira do Samu Realeza, Andreia, contou que "era um parto de risco, mas não tinha como evitar. Foi muito rápido e demos assistência para o bebê com oxigênio e todo o suporte. E como não tinha vaga em Beltrão, levamos ao Hospital Imaculada Conceição, para dar continuidade. O condutor teve que voltar na base pegar a incubadora e tudo o mais, porque antes era só a mãe gestante e depois eram duas pacientes. Foi uma correria”. 

Toda a equipe comemorou o sucesso do atendimento e a mãe autorizou utilizar as fotos. A bebê não chegou a nascer na ambulância, mas deu tempo de a equipe do Samu chegar ao PA de Realeza, o que fez toda a diferença, pois no PA não há estrutura para um parto de risco, como este, principalmente de gestante com pré-eclampsia e parto prematuro. 

Juntos, a equipe do Samu 192 com a da unidade de saúde do município - inclusive com a enfermeira Silvana Marques, que já atuou no Samu de Realeza e de Santo Antônio do Sudoeste (foto) -, trabalharam pelo bem-estar desta família e a acolhida desta nova menina, que veio semanas antes, mas bastante assistida por profissionais. A mulher estava acompanhada do esposo e familiares e era a sua terceira gestação.

Assessoria de Imprensa Ciruspar/Samu 192 – Sudoeste do Paraná

Daiana Pasquim – Jornalista DRT/PR 5613

LEIA TAMBÉM
CONTATO COMERCIAL
(46) 3242-1495
(46) 98413-4946
comercial@radiochopinzinho.com.br
REDES SOCIAIS
PB Agência Web