Inter consegue vitória magra sobre o Sport e fica com terceira colocação
ESPORTES
27 de Maio de 2016

O Internacional venceu o Sport por 1 a 0 na tarde desta quinta-feira (26), feriado de Corpus Christi, no Beira-Rio. Com o resultado, a equipe colorada segue invicta no campeonato, enquanto o Sport amarga a segunda derrota em três jogos.

O Inter repetia o mesmo esquema que conquistou a vitória no Morumbi, com uma linha de três jogadores no meio-campo defensivo (Anselmo, Fernando Bob e Fabinho) e dois jogadores mais adiantados (Andrigo e Sasha), enquanto o Sport apostava em um 4-2-3-1 recuado, apostando nos contra-ataques através das jogadas desenvolvidas por Diego Souza. Nos primeiros 15 minutos de jogo, o encaixe dos dois esquemas fez com que as duas equipes não criassem nenhuma chance de gol. Até os 20 minutos, os únicos chutes a gol foram de Vitinho (Inter) e Diego Souza (Sport) para fora, sem perigo aos goleiros.

Aos 22 minutos, Paulão e Danilo Fernandes trombaram dentro da área, mas Vinícius Araújo não aproveitou. Dois minutos depois, Vitinho pegou a sobra de uma bola dentro da área e chutou forte, alto, longe do gol.

Sem condições de criar jogadas de ataque e começando a dar espaços para o Sport, o técnico colorado Argel Fucks mudou o esquema de jogo logo aos 35 minutos do primeiro tempo: colocou o meia Gustavo Ferrareis no lugar de Anselmo. Gustavo Ferrareis passou a ocupar o lado esquerdo ofensivo em um 4-2-3-1, ao lado de Andrigo (no meio) e Sasha (na direita), com Fabinho e Fernando Bob atrás.

Aos 36 minutos, Serginho, do Sport, chutou no canto, e Danilo Fernandes defendeu. Foi a primeira finalização certa do jogo. O primeiro tempo, porém, terminou sem melhores chances de ambos os times.

Logo aos 30 segundos do segundo tempo, o Inter teve uma chance clara: Vitinho cruzou e Rithely quase fez um gol contra, mas Magrão impediu. Aos seis minutos, um novo cruzamento de Vitinho provocou mais uma boa chance: Andrigo tocou na bola e Magrão fez uma boa defesa. Novamente Magrão foi acionado aos 8 minutos, quando William recebeu a bola dentro da área e chutou rasteiro, com a perna esquerda, e o goleiro do Sport tocou para fora.

O Inter continuou pressionando, e foi premiado aos 12 minutos: Artur cruzou uma bola forte para a área e Renê, pressionado por Andrigo, tocou para as redes. Gol contra do lateral pernambucano: 1 a 0.

Apesar de impor várias dificuldades na marcação, o Sport não conseguia atacar: errava passes no campo ofensivo e não apostava nos chutes de média distância. Pensando nisso, o técnico Oswaldo de Oliveira fez três alterações ao mesmo tempo aos 23 minutos, colocando em campo Lênis, Luiz Antônio e Túlio de Melo. No seu primeiro lance, Luiz Antônio perdeu a bola para Vitinho, que arrancou pela esquerda e chutou forte, mas para fora.

Aos 28 minutos, Vitinho fez uma grande jogada pela esquerda e cruzou para Andrigo, que chutou em curva de perna esquerda. Magrão fez uma grande defesa, mas a bola sobrou para Sasha, que deu um carrinho para o gol no rebote, obrigando Samuel Xavier a tirar em cima da linha. Vitinho perdeu uma grande chance aos 32 minutos, quando conseguiu uma arrancada para o gol mas adiantou demais, perdendo a bola para o goleiro Magrão.

Nilton entrou no lugar de Andrigo aos 33 minutos. Aos 35, o Sport teve a sua melhor chance na partida: após bom cruzamento de Lenis, Diego Souza ganhou da zaga e de Danilo Fernandes e tocou para Renê, que errou a forma de bater na bola e chutou para fora.

Com o resultado, o Inter fica com 7 pontos, em terceiro lugar, em inferioridade pelos critérios de desempate em relação a Santa Cruz e Grêmio. Com 1 ponto em três jogos, o Sport fica na 17ª posição

LEIA TAMBÉM
CONTATO COMERCIAL
(46) 3242-1495
(46) 98413-4946
comercial@radiochopinzinho.com.br
REDES SOCIAIS
PB Agência Web