Exames esquecidos e consultas em que pacientes não comparecem. Descaso preocupa secretaria de saúde de Chopinzinho
POLICIAL
09 de Março de 2016

A secretaria municipal de saúde de Chopinzinho está preocupada com o alto índice de pacientes que estão deixando de retirar os resultados de seus exames e pessoas que fazem o agendamento de consultas com especialistas e também não comparecem no dia marcado.

De acordo com o secretário de saúde, Ivoliciano Leonarschick, um levantamento feito pela secretaria referente ao ano de 2015, indica que os números são preocupantes, principalmente porque se trata de dinheiro publico que está sendo jogado fora. “Estamos preocupados porque sabemos que a cada dia está aumentando a demanda pelos nossos serviços e ao mesmo tempo percebemos o descaso que há por parte de alguns usuários. Diante de tanto descaso, queremos mostrar para nossa população que só nos primeiros meses deste ano, já são 20 mil reais em exames realizados como biopsias, ultrassom, raio x e até ressonância que são exames de alto custo que o município paga e alguns dos pacientes não compareceram para retirar, causando um acúmulo de exames empilhados na secretaria de saúde”, disse o secretário.

Além desse problema, Ivoliciano destacou outro descaso que gera preocupação para a secretaria de saúde. “Outra situação que nos preocupa, é o número de pacientes faltosos. Tivemos no ano de 2015, mais de 340 pacientes que agendaram exames e consultas e simplesmente não compareceram no dia marcado. Neste ano de 2016 o problema continua, onde somente nos primeiros meses do ano, já tivemos 120 pessoas que não compareceram no atendimento agendado, tirando a vaga de outras pessoas que também precisavam e que continuam aguardando. Gostaria de mostrar para comunidade, pois somos cobrados todos os dias para que a agente dê mais agilidade na questão dos exames tanto de laboratório quanto de imagens e ao mesmo tempo a gente enfrenta essa situação de descaso por alguns usuários do município. Diante disso, gostaria de pedir que as pessoas tenham responsabilidade, tendo em vista que é dinheiro público”, destacou Ivoliciano.

O secretário lembrou que medidas mais enérgicas serão adotadas para evitar que esse tipo de descaso continue acontecendo. “Levamos essa situação ao conhecimento do Conselho Municipal de Saúde, onde tivemos o respaldo total de todos os conselheiros para tomarmos as providências necessárias. A primeira medida que adotamos é que as pessoas que não comparecerem nas consultas ou exames, serão enviadas para o final da fila de espera e o reagendamento poderá ser feito somente depois de 120 dias. Essa é a maneira que nós estamos buscando para moralizar esse serviço que é tão importante para as pessoas, mas que infelizmente algumas pessoas não estão sabendo utilizar”, finalizou o secretário. 

LEIA TAMBÉM
CONTATO COMERCIAL
(46) 3242-1495
(46) 98413-4946
comercial@radiochopinzinho.com.br
REDES SOCIAIS
PB Agência Web