Grêmio é derrotado pelo Toluca na estreia na Libertadores
ESPORTES
18 de Fevereiro de 2016

O Grêmio estreou com derrota na Copa Libertadores da América na madrugada desta quinta-feira. Apesar de ficar com um jogador a mais por uma hora, o Tricolor gaúcho não conseguiu superar as jogadas ofensivas laterais do Toluca e foi derrotado por 2 a 0.

Nos primeiros minutos da partida, o Toluca dominou as ações. Com bons ataques pelos lados do campo e aproveitando os cruzamentos para a área, o time mexicano finalizou seis vezes nos 30 primeiros minutos de jogo, chegando aos 80% de posse de bola aos 10 minutos. Entretanto, as finalizações quase sempre eram erradas e não exigiam muito do goleiro Marcelo Grohe.

Éverton levava o maior perigo à defesa do Toluca. Aos 20 minutos, ele desferiu um chute de longe para fora. Aos 27, em um contra-ataque organizado, ele driblou um defensor e chutou forte no canto, mas a bola saiu. A partir desse momento o Grêmio passou a trocar mais passes no meio-campo, saindo do sufoco inicial.

Aos 33, também em um chute de longe, Maicon obrigou o goleiro Talavera a fazer uma boa defesa e ceder o escanteio. Aos 36, após uma troca de empurrões no meio campo, Velasco deu um soco em Douglas e foi expulso. Mesmo com a expulsão, o cenário se manteve: o Toluca atacando pelos lados, mantendo a bola no campo de defesa do Grêmio e tentando cruzamentos; o Grêmio no campo de defesa e aguardando o momento certo para o contra-ataque. No melhor cruzamento, Ortiz cabeceou e Grohe fez defesa segura.

Logo aos 42 segundos do segundo tempo, o Toluca acerta o primeiro cruzamento pelo lado esquerdo, que culmina com uma cabeçada de Triverio no contrapé de Marcelo Grohe: 1 a 0.

Depois do gol, o Grêmio projetou a defesa e abriu espaço para os contra-ataques do Toluca. Grohe salvou o time gaúcho duas vezes: em uma falta cobrada por Esquivel e em um chute de Ortiz dentro da área. Para tentar aumentar o poder de ataque pelos lados, Giuliano foi retirado para a entrada de Fernandinho aos 15 minutos. Com a mudança, o Grêmio conseguiu trocar mais passes no campo ofensivo, mas sem conseguir conclusões. Aos 23, Henrique Almeida entrou em campo, no lugar de Luan, para tentar solucionar esse problema. Porém, a equipe brasileira começou a errar passes e perder construções ofensivas, dando espaço para os ataques de Esquivel e Cueva.

 

Aos 30 minutos do segundo tempo, Geromel tocou em Triverio dentro da área e o árbitro deu pênalti. O próprio Triverio cobrou com um chute forte, no meio do gol, sem chances para Grohe: 2 a 0. Douglas deixou o campo para a entrada de Lincoln logo após o gol. Mesmo assim, o Grêmio foi incapaz de chegar com perigo ao gol de Talavera – o primeiro chute certo a gol foi de Éverton, de fora da área, aos 45 minutos do segundo tempo. O Toluca, por sua vez, puxou o freio e administrou o resultado. Ao final da partida, os jogadores de Grêmio e Toluca bateram boca no campo.

LEIA TAMBÉM
CONTATO COMERCIAL
(46) 3242-1495
(46) 98413-4946
comercial@radiochopinzinho.com.br
REDES SOCIAIS
PB Agência Web