Em jogo truncado, Inter vence Flu na despedida da Copa Flórida
ESPORTES
21 de Janeiro de 2016

O Internacional derrotou o Fluminense por 1 a 0 na despedida das duas equipes da Copa Flórida. A partida foi disputada na noite desta quarta-feira, no estádio Lockhart, em Fort Lauderdale (EUA) e o time gaúcho acabou saindo invicto da competição, com uma vitória e um empate. Já o Tricolor das Laranjeiras segue sem vencer em 2016, acumulando um empate e uma derrota. Eduardo Sasha, no primeiro tempo, marcou o único gol do jogo.

Diante de um público muito pequeno, o jogo começou em ritmo lento, mas o Fluminense ficava mais tempo com a bola nos pés. Depois dos dez minutos, a partida ficou mais equilibrada. O meia D’ Alessandro, apesar de sofrer marcação cerrada do volante Edson, era o mais acionado e tentava fazer seu time se organizar ofensivamente. Os dois times marcavam muito forte e as faltas se sucediam, principalmente por parte da equipe gaúcha.

O árbitro norte-americano tinha dificuldades para controlar os jogadores que se excediam em faltas e reclamações, trucando a partida. Aos 20 minutos, Diego Cavalieri colocou a bola em jogo e quase surpreendeu a defesa colorada. Oswaldo ganhou na corrida, mas o goleiro Alissom chegou primeiro, acabando com o perigo. O jogo continuou confuso, com os dois times pouco criando ofensivamente. O atacante Richarlison, marcado de forma ríspida pela zaga colorada, precisou sair duas vezes de campo para ser atendido.

Só aos 36 minutos é que a torcida viveu o primeiro momento de emoção. Cícero arriscou da entrada da área e Alisson fez grande defesa, espalmando para escanteio. O susto despertou o Inter e um minuto depois, Eduardo Sasha marcou o primeiro gol. Após levantamento na área, Vitinho tocou de cabeça e Sasha bateu, de esquerda, para colocar a bola nas redes. O Tricolor das Laranjeiras tentou reagir, mas Richarlison cabeceou muito mal, após um bom cruzamento de Gustavo Scarpa.

O Fluminense voltou muito modificado para o segundo tempo e logo criou boa chance para empatar, com Magno Alves. Logo depois foi a vez de Richarlison tocar de bico, mas o goleiro Alisson salvou. O Inter voltou com a mesma equipe, mas não conseguia trocar passes porque a equipe carioca marcava a saída de bola e não dava liberdade ao adversário.

Aos 23 minutos, Magno Alves chutou forte, mas a bola bateu na zaga e facilitou a defesa de Alisson. Dois minutos depois, o técnico Eduardo Baptista colocou Ronaldinho Gaúcho em campo. Ele entrou no lugar de Cícero e foi muito aplaudido pela torcida local, não escondendo a emoção.

 

Logo depois, o técnico Argel fez a primeira substituição do Inter, trocando Eduardo Sasha por Marquinhos, recentemente contratado ao Cruzeiro. Mesmo inteiramente modificado, o time carioca se mostrava superior ao adversário e pressionava em busca do gol do empate. A equipe gaúcha só apareceu na área carioca aos 34 minutos, em cruzamento fechado do lateral Artur que foi defendido por Júlio César. No final, o Fluminense pressionou em busca do gol do empate, mas não conseguiu levar perigo ao gol de Alisson.

LEIA TAMBÉM
CONTATO COMERCIAL
(46) 3242-1495
(46) 98413-4946
comercial@radiochopinzinho.com.br
REDES SOCIAIS
PB Agência Web